Vol. VI, Nº 19, Juiz de Fora, abr./jul/2012

· Volume VI

Estimados leitores,

É com enorme prazer que trazemos para seu apreço e crítica o número 19 de Ibérica – Revista Interdisciplinar de Estudos Ibéricos e Ibero-Americanos. Desta feita, gostaríamos de destacar o caráter interdisciplinar de nossa publicação, que neste número tem, como peculiaridade, a política como fator “transversal”.

O primeiro artigo de nossa publicação é do professor da UFJF, Ricardo Vélez Rodríguez. Especialista em filosofia política, especialmente no que tange ao pensamento ibérico e ibero-americano, Vélez Rodríguez nos traz como contribuição o texto “A tradição do liberalismo doutrinário no contexto ibero-americano.” Sobre o objetivo do texto em voga, acentua o autor, “nós, ibero-americanos, entramos ao mundo das ideias liberais por uma dupla via: pelo caminho que tenho denominado de liberalismo telúrico ibérico proveniente do feudalismo, que deu ensejo à concepção contratualista do poder externada nos ‘fueros aragoneses’ vigentes em plena Idade Média” e em segundo lugar pela mão dos pensadores franceses na corrente denominada de liberalismo doutrinário.
Em seguida, teremos o trabalho intitulado “A comunidade rural nos reinos espanhóis”, da professora Dra. Ana Raquel Portugal (UNESP). O instigante texto trabalha a formação da comunidade rural espanhola, desde os primórdios romanos até a formação das chamadas behetrías.

O terceiro trabalho do presente número de Ibérica é uma contribuição de Ismael de Vasconcelos Ferreira, mestrando em Ciência da Religião/PPCIR-UFJF. Num momento onde as relações entre as religiões e o Estado são colocados em relevo, o autor nos oferece, para reflexão, o trabalho “Pentecostalismo: secularização, política e movimento ecumênico no campo religioso brasileiro.” Ismael pretende destacar, “no pentecostalismo brasileiro, a influência que a secularização trouxe à sua constituição, suas interpelações no campo político” onde percebemos a “sua significativa influência, não só como religião em franco crescimento, mas como promovedora de intensos debates que por vezes saem da esfera do ‘sagrado’ e passam a compor agendas sociais as mais diversas.”

Em tempos onde determinadas empresas, em suas propagandas televisivas, tentam disfarçar a falência da logística de transporte no Brasil, afirmando que o transtorno dos aeroportos e rodovias, durantes os eventos internacionais que se aproximam, serão superados por conta do espírito festivo do povo e de seus visitantes, Bernardo Goytacazes de Araújo nos oferta uma interessante reflexão sobre o assunto. Em seu artigo, “O apagão logístico no Brasil”, ele afirma que é “preciso construir uma nação inteira, com múltiplos aspectos, e a logística é um gargalo permanente e que nos desencadeará, se nada for feito, aos efeitos de um grande apagão.”

Para finalizar o número 19 de ibérica, teremos o artigo “O passado ainda se faz presente sob o olhar de depreciação do colonizador espanhol para com a América espanhola”, de Luís Cláudio Nogueira Pedra, mestrando em literatura do CES/JF. Em seu artigo, o autor afirma que o principal “objetivo fazer a análise de fragmentos de textos deixados pelos colonizadores espanhóis na América espanhola sob a luz da teoria contemporânea do pós-colonialismo.”

Artigos (Número completo em pdf)

Publicidade

Publicidade